Água: gestão eficiente e uso racional são fundamentais em empreendimentos comerciais

Leitura de 2,5min

Prédios comerciais, condomínios logísticos, shopping centers e hotéis são grandes consumidores de água, portanto, a gestão eficiente é parte fundamental das atividades de gerenciamento nesses empreendimentos.

Para Evaldo Pisani, gerente técnico da área de Gerenciamento de Propriedades da JLL, o número crescente de construções sustentáveis mostra que o mercado imobiliário já está consciente de seu papel na gestão eficiente de recursos hídricos e também na educação e na conscientização dos usuários dos empreendimentos.

O executivo também destaca que o avanço da tecnologia construtiva e de ferramentas de gestão têm feito surgir novos sistemas e soluções para a gestão eficiente de água em empreendimentos comerciais.

“Prédios novos já chegam ao mercado incorporando práticas para o uso racional de recursos hídricos. Nos existentes, analisamos o potencial de redução de consumo e desenvolvemos ações que podem incluir mudanças nas rotinas de operação e manutenção até a renovação de instalações ou implementação de novos equipamentos mais econômicos como louças e metais sanitários, por exemplo”, explica Pisani.

Do ponto de vista econômico, os imóveis comerciais são investimentos de longo prazo e precisam ser rentáveis para os proprietários ou investidores durante sua vida útil. Água e energia, juntos, chegam a representar 20% do custo operacional. Fica claro, portanto, que o uso racional e a gestão eficiente são fundamentais também para a sustentabilidade financeira do empreendimento.

Mas, para que as ações para o uso racional de água atinjam resultados efetivos, é preciso que ocupantes, proprietários e funcionários envolvidos na operação estejam engajados. E um dos compromissos dos gestores de propriedades é transformar ocupantes em consumidores conscientes.

Mesmo que exista hoje uma cultura já incorporada pelo mercado imobiliário para o uso eficiente de água, é preciso realizar campanhas constantes de conscientização, conectar os usuários às estratégias, reforçando sua participação ativa para o atingimento de metas.

“Empreendimentos comerciais atendem pessoas e empresas por décadas, portanto é vital que deem atenção à questão da água. A escassez de água potável é um problema global e não podemos nos dar ao luxo de desperdiçar esse recurso natural”, diz Pisani