Leitura de 4min

Custos de transporte, frete e pedágios pesam mais que custo de locação na tomada de decisão sobre a melhor localização de galpões logísticos

As empresas que estão buscando ou revendo a localização de seus galpões recorrem aos corretores imobiliários não só para obter as informações sobre área, características construtivas e valores de locação, como também, informações que levem em conta a cadeia logística, pois esse é o fator determinante para se definir a melhor localização para um galpão.

No processo de escolha de um galpão, diversos fatores precisam ser considerados. Por isso, estamos trabalhando para incorporar novos dados em nossas pesquisas, como a quantidade de pedágios nos principais eixos rodoviários, distâncias do principal centro consumidor, entre outros, como mostra o gráfico abaixo.

Ajuda da tecnologia e expertise

Nos Estados Unidos, nossa área de transações de imóveis para operações industriais já opera com especialistas em cadeia logística para auxiliar nas análises de todas essas variáveis e ajudar as empresas a tomarem a melhor decisão sobre a localização de seus galpões. Utilizamos também um software, que cruza dados como principal centro consumidor, tipo de produto, volume de vendas e de estoques, custos de transporte para indicar os melhores imóveis para atender as necessidades da empresa.

No Brasil, onde a precária infraestrutura rodoviária, além do alto custo dos combustíveis impactam negativamente no custo do transporte, aumentando o custo médio por quilômetro percorrido em relação a outros países, é fundamental avaliar a cadeia logística durante o processo de escolha do imóvel, caso contrário, a eficiência de toda a operação da empresa poderá ser comprometida.

Numa época em que empresas de diversos setores estão necessariamente tendo que rever custos e otimizar operações, alavancar a produtividade para aumentar as margens, não há espaço para erros nas decisões imobiliárias. Por isso, precisamos entender a demanda imobiliária no contexto dos processos e do negócio da empresa para poder oferecer o melhor imóvel.

Logística e custo imobiliário

Portanto, na nossa visão, o valor de locação do galpão logístico não é o fator determinante para a escolha do imóvel. Segundo dados de nossas pesquisas, para as empresas, a logística representa 80% de seus custos operacionais, enquanto o custo imobiliário representa aproximadamente 10%.

Às vezes, a empresa prefere pagar mais por um imóvel para manter a eficiência de sua cadeia logística. Todas essas análises precisam necessariamente ser feitas caso a caso, levando em conta o setor de atividade da empresa, o tipo de produto que fabrica, tipo de venda, se e-commerce, lojas físicas, distribuição, entre outros.

Concluímos, que não existe um imóvel perto ou longe, caro ou barato. Sempre haverá um imóvel que atenda a necessidade da empresa, na melhor localização e com melhor custo para a sua operação. E, ao incorporar em nossas pesquisas informações que levam em conta a cadeia logística, estamos preparados para oferecer aos nossos clientes a possibilidade de realizar uma escolha mais assertiva sobre o melhor local para o seu galpão.

Márcia Castro é diretora de Transações da JLL.

Dados e informações precisas auxiliam na tomada de decisões imobiliárias

estoque

Fonte: JLL – Pesquisa e Inteligência de Mercado – dados relativos a abril de 2017

Leia também: Condomínios logísticos são bons parceiros do e-commerce

Crédito da foto: Jafo Fotografia