Cidades costeiras lideram lista de ruas mais caras dos Estados Unidos para locação de escritórios

Leitura de 8min

A área de São Francisco e a cidade de Nova York encabeçam lista das ruas mais caras.

 

Qual cidade é a primeira que lhe ocorre quando o assunto é aluguel alto – de imóveis tanto residenciais como de escritório?  A cidade de Nova York?  Você pode ficar surpreso ao saber que a rua mais cara dos Estados Unidos para a locação de escritórios está localizada em um bairro suburbano de São Francisco, segundo um estudo de pesquisa divulgado pela JLL.  Esse recente estudo de 40 mercados de escritórios espalhados por todo o território americano revela a lista das ruas mais caras* para a locação de escritórios em 2013, vindo dar seguimento ao primeiro estudo, lançado em 2011.

*Dez ruas mais caras dos Estados Unidos para a locação de escritórios em 2013, segundo pesquisa da Jones Lang LaSalle

*Dez ruas mais caras dos Estados Unidos para a locação de escritórios em 2013, segundo pesquisa da JLL

Sand Hill Road, em Menlo Park, na Califórnia (mercado da Península de São Francisco), continua em primeiro lugar na lista, com aluguéis médios atingindo quase US$111 por pé quadrado (p.s.f na sigla em inglês), e a badalada Quinta Avenida, em Nova York, de novo ocupando a segunda posição, é a rua mais cara das chamadas áreas comerciais centrais dos Estados Unidos, com aluguéis médios de aproximadamente US$102 p.s.f.  A University Avenue, localizada no Vale do Silício, norte da Califórnia, vem na terceira posição, com aluguéis médios em torno de US$95 p.s.f.  Em termos nacionais, os aluguéis nas ruas mais caras aumentaram 10,9% em média desde 2011, resultado do avanço da recuperação, mas também devido à oferta restrita por falta de novas construções, bem como ao crescimento das indústrias de tecnologia e energética em especial.

Refletindo o crescimento da indústria de tecnologia, a região da baía de São Francisco detém três posições da lista das dez campeãs – mais que qualquer outro mercado de escritóriosA California Street, na cidade de São Francisco, subiu vários degraus, passando a ocupar o sexto lugar, com um aumento de 45,3% ou US$62 p.s.f., o que, pela primeira vez, vem colocá-la acima da Boylston Street, localizada em Boston (com a Sand Hill Road e a University Avenue, também na Califórnia, na primeira e terceira colocações).  Em Houston e Dallas, o setor energético está fazendo subir os aluguéis na Louisiana Street e na McKinney Avenue, vias essas que registraram aumentos de 11,8% e 5,4%, respectivamente.

Nos resultados deste ano, é também digno de nota que as taxas de vacância estão caindo rapidamente nas ruas de muitos dos mercados mais atingidos pela recessão, incluindo Brickell Avenue (Miami), Peachtree Street (Atlanta), Fayetteville Street (Raleigh) e Boy Scout Boulevard (Tampa).  Ilustrativo também da melhora da economia é que 14 ruas cobertas pela pesquisa registraram taxas de vacância de um único dígito.  Os mercados da região centro-oeste do país permanecem os mais acessíveis; a rua mais cara da região é Wacker Drive, em Chicago, onde os aluguéis estão na faixa de US$36 p.s.f.

Os resultados relativos a este ano são especialmente interessantes porque não apenas demonstram a regra imobiliária básica de que a localização é tudo, mas também refletem a tendência geral de procura por espaços de escritório nos Estados Unidos. Estamos constatando uma ligeira elevação nas taxas de ocupação em consequência da taxa de crescimento dos negócios no lado econômico, combinada com a falta de novas construções”, disse John Sikaitis, diretor superintendente de Pesquisa de Escritórios da JLL.

As dez ruas mais caras dos Estados Unidos para escritórios:

1. Sand Hill Road, Menlo Park, Califórnia, US$111.00 p.s.f. (-2,5%)

Historicamente a área mais cara do Vale do Silício, a Sand Hill Road tem profundas raízes com a comunidade de capital de risco, abrigando as principais empresas de capital de risco da área da Grande Baía de São Francisco.

2. Quinta Avenida, Midtown Manhattan, cidade de Nova York, US$102.00 p.s.f. (+5,0%)

Sistematicamente colocada entre as mais caras ruas de compras do mundo, a Quinta Avenida também concentra numerosos fundos de hedge que buscam espaços de primeiríssima qualidade na chamada área Midtown e que estão dispostos a pagar mais por aqueles pontos mais cobiçados para a localização de escritórios, com suas incomparáveis comodidades.

3. University Avenue, Vale do Silício, Califórnia, US$95.00 p.s.f. (+14,1%)

Localizada no centro de Palo Alto, a University Avenue é conhecida por sua vibrante comunidade de empresas nascentes, as chamadas startups, uma vez que sua proximidade à Universidade de Stanford faz dela a localização ideal para recrutar os melhores novos talentos.

4. Greenwich Avenue, Greenwich, Connecticut, US$93.00 p.s.f. (+3,4%)

A Greenwich Avenue compete com os melhores imóveis comerciais, alavancando sua rica história que se encontra preservada nos prédios mais antigos.  Lojas de grandes marcas salpicam todo esse historicamente rico corredor comercial, desde o começo da avenida até o terminal ferroviário.  Fundos de hedge e empresas de serviços financeiros ocupam a maior parte dos espaços de escritórios, com muitos dos altos executivos estando a apenas alguns passos de casa.  Com a conveniência da proximidade do transporte ferroviário, os aluguéis dos prédios de escritório de alto padrão chegam a atingir US$100 p.s.f.

5. Pennsylvania Avenue, Washington, DC, US$76.00 p.s.f (-5,5%)

Apesar de o mercado em geral ter estado mais lento nos últimos trimestres, a Pennsylvania Avenue continua tendo aluguéis mais valorizados em comparação com o restante do mercado.  Conhecida como “America’s Main Street”, ou a rua principal dos Estados Unidos, a Pennsylvania Avenue abriga muitas empresas que querem estar próximas dos dois principais centros de poder de Washington: a Casa Branca a oeste e o Capitólio a leste.  Nos últimos anos, uma área de grande crescimento em termos de demanda de locação tem se originado do setor de assuntos governamentais da chamada ‘América corporativa’.

6. California Street, São Francisco: US$62.10 p.s.f. (+43,9%)

Rua principal do Distrito Financeiro Norte da cidade, a California Street é conhecida por seu bondinho histórico, sua largura incomum e pelos imóveis caros.  O crescimento da indústria de tecnologia e setores a ela associados aliado à limitada oferta de imóveis novos puxou os aluguéis para cima, com a valorização chegando a quase 50% nos últimos dois anos.

7. Boylston Street, Boston: US$60.20 p.s.f. (+14,3%)

A Boylston Street atravessa duas das mais prestigiosas áreas de Boston: Back Bay e o Distrito Financeiro.  Essa rua concentra numerosos marcos da cidade, prédios de escritórios de altíssimo padrão e lojas de varejo de luxo, além de alguns dos arranha-céus mais característicos de Boston.

8. Avenue of the Stars, Los Angeles: US$60.12 p.s.f. (+1,9%)

Via de passagem pelo cobiçadíssimo bairro de Century City, a Avenue of the Stars abriga vários escritórios de advocacia e empresas de serviços financeiros e de recrutamento e seleção de talentos de destacado renome, além de concentrar o maior aglomerado de ativos premium de classe A da região oeste.

9. Royal Palm Way, West Palm Beach: US$58.52 p.s.f. (+0,9%)

A Royal Palm Way é chamada de “Banker’s Row”, ou rua dos banqueiros, devido à concentração de gestoras de fortunas e empresas de serviços financeiros que atendem os abastados residentes da ilha de Palm Beach.

10. Newport Center Drive, Orange County: US$50.06 p.s.f. (+4,3%)

Situada num penhasco com vista para o Oceano Pacífico, Newport Center Drive é um anel de dois quilômetros que circunda o centro de varejo Fashion Island.  Restaurantes internacionais e comodidades de compras, além de salas de escritório com vista para o mar e acesso a bairros residenciais refinados, fazem da Newport Center Drive um dos locais mais seletos do sul da Califórnia para a locação de escritórios.

Ruas mais caras dos Estados Unidos para escritórios em 2013**:

Panorama-artigoinglesgrafic1

Clique para visualizar a imagem

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

* Os números relativos a locação refletem os aluguéis mais altos em cada mercado.

Ruas mais caras da América do Norte para escritórios em 2011**:

Panorama-artigoinglesgrafic2

Clique para visualizar a imagem

 

 

 

 

 

 

 

 

 

** As informações relativas a aluguéis, bem como a revisão trimestral dos 40 principais mercados de escritórios dos Estados Unidos, são de propriedade da JLL.  Estes dados se referem ao segundo trimestre de 2013.

Para mais notícias, vídeos e recursos de pesquisa sobre a JLL dos Estados Unidos, visite nossa página de Imprensa em U.S. Media Center web page.