Com oferta renovada, Alphaville tem ótimas oportunidades para ocupantes

Leitura de 5min

Localizada às margens da Rodovia Castelo Branco e conhecida por seu tradicional e desenvolvido centro comercial.

Alphaville, na Grande São Paulo, conta com ótimas oportunidades de locação para empresas que estejam pensando em se mudar da capital ou melhorar suas operações.

Localizada às margens da Rodovia Castelo Branco e conhecida por seu tradicional e desenvolvido centro comercial, a região tem estoque de cerca de 400 mil metros quadrados em espaços corporativos de alto padrão.

Embora a vacância atual seja alta, de 46%, incluídos imóveis novos e usados, a maior parte do estoque recentemente entregue – e ainda vago – está concentrado em dois grandes empreendimentos: Evolution Corporate e o iTower.

São prédios no nível Faria Lima. É uma grande ocasião para ocupantes, pois com esse nível de vacância, os proprietários estão bem mais flexíveis nas negociações. Mas isso não deve durar muito tempo, já que o mercado continua ativo, com muitas empresas negociando locações para se mudarem ou consolidarem as operações em Alphaville”, projeta Paulo Casoni, diretor da área Client Solutions da JLL.

O executivo avalia como vantajosa a possibilidade de mudança para os edifícios do local, por questões que mesclam economia, conforto e alta qualidade.

A empresa pode sair de um prédio de padrão inferior em São Paulo e ir para outro muito mais moderno em Alphaville. Provavelmente pagará menos do que pagaria na capital e ainda poderá consolidar a operação em um edifício de alto padrão. Poderá ainda ter ganho de eficiência, se mudar para lajes maiores, além de reduzir os custos com a diminuição dos serviços duplicados, como recepção, copa etc. Portanto, é natural que a economia seja ainda maior”, explica.

Ainda sobre vacância, Casoni lembra que o principal motivo é a entrega de muitos prédios ao mesmo tempo, e não a falta de demanda, até porque Alphaville tem registrado alto índice de absorção bruta. Das 12 regiões mapeadas pela JLL, ocupou a quarta posição desse índice no ano passado.