Engenharia de Valor traz melhores resultados no custo e na performance de projetos

Leitura de 4min

Conceito busca reduzir custos e evitar gastos desnecessários antes mesmo de se começar um projeto ou serviço

A redução de processos ou substituição de produtos por outros de melhor custo são formas de obter economia com a Engenharia de Valor. Entrevistamos Christina Coutinho, gerente de Projetos & Obras da JLL, para conhecer mais sobre a aplicação desse conceito.

O que é Engenharia de Valor?

Christina Coutinho, gerente da área de Projetos & Obras da JLL

Christina Coutinho, gerente da área de Projetos & Obras da JLL

A Engenharia de Valor é uma abordagem sistemática e orientada para se obter a melhor performance de um produto, sistema ou serviço ao melhor custo. Ela se concentra nas características de valor consideradas importantes para o cliente, ou seja, mesmo que muitas vezes o foco seja a redução de custos, é importante não comprometer a qualidade ou o desempenho nessa equação de valores.

Qual a aplicação prática desse conceito?

Entender a expectativa do cliente quanto à qualidade e performance do novo espaço é a base para estabelecer os critérios para a substituição das especificações do projeto, sem perder a qualidade ao reduzir custos. Assim, a Engenharia de Valor se inicia na fase de projeto quando analisamos com o cliente o valor dos produtos, sistemas, tecnologias versus os custos envolvidos para a implantação e benefícios que serão obtidos.

Existe uma revisão do planejamento durante as etapas do projeto?

Sim, a cada etapa do projeto é possível fazer uma reavaliação de valor x custo x benefício para direcionar os investimentos ao que agrega maior valor e benefício ao usuário final. Na primeira revisão, por exemplo, se busca alinhar as especificações e redefinição do plano de investimento do projeto, tais como uso de sistemas automatizados ou mecânicos, controle individual de ar condicionado, abrangência de uso de sistemas de “No Beak” / “UPS” etc.

Quais os benefícios e possibilidades, além da redução de custos, para as empresas que adotam a engenharia de valor durante uma reforma ou mudança para um novo escritório?

O emprego correto e preciso dos investimentos no projeto pode gerar economias que reaplicadas ao projeto em processos, produtos e tecnologia, melhoram a percepção do cliente final, que é o usuário do espaço, produzindo melhores resultados nos indicadores de performance.

Já trabalhamos em cases nos quais foi possível ampliar o escopo e a área do projeto sem a necessidade de aumento do capital aprovado inicialmente. Em outro caso, o cliente optou por uso de mobiliário local e não importado para direcionar os investimentos para soluções de tecnologia. Já fizemos também substituições de especificações de acabamentos de arquitetura e mantivemos melhorias no sistema de segurança deixando o projeto dentro do orçamento aprovado.

É importante fazer um acompanhamento em outras etapas do processo, além do planejamento?

O gerenciamento do projeto e da obra, como o que fazemos aqui na JLL, contribui ativamente para que os investimentos do cliente sejam direcionados ao que agregará valor e atenderá as expectativas e objetivos do projeto. Com os projetos concluídos, na etapa de contratação da construtora, continuamos na busca da melhor performance ao melhor custo e, durante a construção, a gestão monitora a qualidade da entrega para que o valor/benefício obtido na etapa do projeto ou da contratação tenha a performance esperada na entrega final da construção. Assim, garantimos que a experiência do cliente final seja surpreendente e, consequentemente, aumentando a produtividade e impactando no resultado final do cliente/empresa.