Existem boas oportunidades no mercado hoteleiro?

Leitura de 5min

GRI Hotéis 2015 discutiu os rumos do setor nos dias 24 e 25 de junho, em São Paulo.

Legenda da foto: Roland Bonadona (na foto, à esquerda), que se aposentou do cargo de presidente da Accor, recebeu um prêmio das mãos de Ricardo Mader (à direita) em reconhecimento aos seus serviços para a indústria imobiliária/hoteleira.

 

O diretor da área de Hotéis e Hospitalidade da JLL, Ricardo Mader, participou ativamente do GRI Hotéis 2015, evento que reuniu cerca de 150 líderes do mercado hoteleiro durante dois dias para compartilhar experiências e debater os vários temas que envolvem esse segmento de mercado.

O evento foi promovido pelo Global Real Estate Institute (GRI), clube global de investidores e incorporadores do mercado imobiliário, e contou com a presença do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, que reforçou sua disposição de atuar em conjunto com o empresariado.

Na programação, estavam em debate temas relacionados ao contexto atual do mercado hoteleiro nacional, como a ampliação de grandes redes, a pulverização de marcas nacionais, além dos desafios para financiamento de novos projetos, o impacto de grandes eventos internacionais e do turismo corporativo e as novas oportunidades de negócios.

Ricardo Mader teve duas participações no evento. Na abertura, foi moderador do talk show de abertura, com o tema Brasil – Ainda a vitrine da América do Sul ou cenário desafiador à frente?. Também participou da sessão Funding – Onde está o dinheiro para o desenvolvimento de hotéis?, sobre os desafios para financiamentos de projetos de hotéis, no momento em que a desvalorização do real frente ao dólar abre uma janela de oportunidade para investimentos no setor hoteleiro nacional.

Roland Bonadona, que se aposentou do cargo de presidente da Accor, recebeu um prêmio das mãos de Ricardo Mader em reconhecimento aos seus serviços para a indústria imobiliária/hoteleira.

A programação do segundo dia teve a participação de Gustavo Loyola, sócio-fundador da Tendências Consultoria e ex-presidente do Banco Central. Ele analisou o contexto da economia nacional e internacional para o desenvolvimento do setor de hotéis, considerando que 2015 é um ano difícil para o Brasil. “O ajuste em andamento deve levar a uma recuperação a partir de 2016”, afirmou.

Crédito da foto: GRI/Mario Miranda Filho