Gestão integrada de facilities: transformando as empresas e ambientes de saúde

Leitura de 3,5min

A chegada de players internacionais ao setor de healthcare no Brasil tem feito as empresas se dedicarem à melhoria de seus processos gerenciais. Para readequar suas políticas e processos, algumas delas estão fazendo uso de uma prática já bastante disseminada no mercado americano: contar com o serviço de gestão integrada de facilities.

Somente nos Estados Unidos, a JLL está presente em mais de 500 hospitais, segundo Washington Botelho, managing director Latin America da JLL. A seguir, ele explica como a gestão integrada de facilities pode trazer mais eficiência e produtividade às empresas do setor de saúde no Brasil.

O conceito da gestão integrada de facilities

Botelho esclarece que a gestão integrada de facilities pode cuidar de aspectos que vão desde as políticas e procedimentos, passando por questões de infraestrutura, até segurança de trabalho. O objetivo é sempre garantir a melhoria desses serviços, mantendo a qualidade e reduzindo custos.

Para chegar a esse cenário, o executivo diz que a equipe de facilities se preocupa em implementar processos, tecnologias e relatórios, com a proposta de assegurar que as lideranças da organização tenham subsídios para tomar as melhores decisões, sejam elas relacionadas a custos gerais ou à otimização de força de trabalho, por exemplo.

 

banner-cta-placemaking-ebook

 

Gestão de risco e compliance em healthcare

Com a gestão integrada de facilities, é possível identificar e corrigir questões de conformidade e segurança, além de automatizar a gestão de dados da empresa. Isso significa ter melhor desempenho da área de compras e da cadeia de suprimentos; ter os dados sobre as operações e serviços digitalizados; e gerar relatórios visando assegurar operações ininterruptas e evitando falhas.

Além disso, uma gestão integrada de facilities pode assegurar que a empresa esteja em conformidade com todos os aspectos legais e melhores práticas que envolvem um ambiente de saúde, incluindo segurança do trabalho, normas da ANS, certificações da área de saúde etc.

Gestão integrada de facilities e o impacto nas equipes

O desempenho da equipe está ligado diretamente à melhoria da produtividade e à geração de receita. Por isso, cuidar dos funcionários é fundamental para o desenvolvimento e crescimento da companhia.

Olhando para a gestão de facilities, isso se aplica na integração de equipes, com a elaboração de políticas internas, até a criação de ambientes apropriados, com mobiliário adequado ao tipo de atividade exercido no local, por exemplo.

Na área de healthcare, as políticas e os processos implementados pela gestão integrada de facilities devem apoiar o alinhamento do principal propósito da empresa, que é servir os clientes (pacientes), com o dos funcionários.

E existem ferramentas para saber se o funcionário está satisfeito e com o propósito alinhado ao da empresa. Um bom exemplo é o eNPS – Employee Net Promoter Score. Com ele, é possível medir a satisfação dos funcionários, fazer pesquisa de engajamento, verificar a conexão de propósito etc. Com os dados em mãos, sempre é possível alinhar rotas, fazer melhorias e engajar os colaboradores.