Uma das marcas líderes mundiais na área de saúde, a MSD consolidou seus escritórios de saúde humana e saúde animal num mesmo endereço em São Paulo. Agora, toda a sua equipe corporativa ocupa quatro andares e meio, cerca de 8 mil m2, da Torre Z, um edifício com certificação LEED Gold, situado na Avenida Doutor Chucri Zaidan, 250, perto da Marginal Pinheiros. Diferentes equipes da JLL assessoraram a MSD em todas as fases do projeto: escolha do local, fechamento de contrato de locação, gestão do projeto, negociação com os antigos proprietários para a devolução dos imóveis, mudança e venda de um dos antigos escritórios de propriedade da multinacional.

A demanda por um novo endereço para consolidação da empresa no Brasil envolveu as áreas de Global Clients, Representação de Ocupantes e Transações da JLL.

Foi uma busca bastante detalhada. Havia muita disponibilidade de edifícios de alto padrão e boas ofertas comerciais. Mas o fator que definiu a escolha do Edifício Torre Z foi o pleno atendimento aos requisitos de segurança dos empregados”, afirma Maria Piroupo, especialista de Representação de Ocupantes de Escritórios.

Entre outros benefícios, a JLL conseguiu negociar uma condição bastante diferenciada para a MSD.

Assinamos o contrato em dezembro de 2014, e o cliente teve um ano para executar as suas obras, sem custos de operação durante todo este período”, afirma Maria Piroupo.

Cliente Global

A MSD é um cliente global da JLL. No Brasil, as empresas também mantêm um antigo relacionamento. Para um atendimento pleno das necessidades do projeto de consolidação do escritório corporativo, a consultoria imobiliária mobilizou diversos profissionais no Brasil, que contaram com o suporte das respectivas equipes nos Estados Unidos.

Começamos a acompanhar a atuação da equipe de Transações desde o momento em que teve início a busca do espaço. Esse envolvimento antecipado nos permitiu agregar valor na construção do business case, ajudando na definição de Capex, e também nos possibilitou mapear os padrões e riscos envolvidos nesta fase preliminar do projeto. Isso promoveu ganhos no cronograma do projeto”, afirma Christina Coutinho, gerente de Projetos e Obras da JLL, que destaca um grande entrosamento das equipes de ambas as empresas local e globalmente.

Como responsável pelo gerenciamento do projeto, a equipe de Projetos e Obras responde pela contratação de todos os serviços necessários, como escritório de arquitetura, construtora, montagem, orçamentos e compras de materiais de acabamento.

A MSD adota padrões de acabamento e mobiliário bastante elevados. As estações de trabalho, cadeiras, carpete e equipamentos de áudio e vídeo, por exemplo, teriam de ser importados e eventuais problemas nesse processo não poderiam ter impacto na data prevista para a mudança”, lembra Cristianne Soler, especialista em projetos da JLL.

Para garantir a chegada e montagem dos itens, que viriam da Argentina e dos Estados Unidos, a equipe de PDS providenciou as importações logo no início do projeto.

Outro desafio era o cumprimento de requisitos ligados à ocupação de um empreendimento com certificação LEED, por exemplo, em relação à iluminação, execução da obra e descarte de lixo”, observa Cristianne, que destaca o fato de não ter sido registrado nenhum incidente nem acidente de trabalho durante a obra.

Saúde e segurança do trabalho são indicadores muito importantes para a MSD.”

A atuação conjunta das equipes de Transações e Projetos e Obras permitiu ainda reverter com sucesso alguns imprevistos. Na locação, Transações havia conseguido que o proprietário fornecesse itens como forro, ar-condicionado e luminárias.

Mas vimos que os materiais não atenderiam ao padrão da MSD. Em tempo, conseguimos converter o fornecimento desses produtos em uma verba que usamos para aquisição de materiais de acordo com o projeto e na quantidade correta”, afirma Cristianne.

A JLL assessorou a MSD até o momento da mudança, ajudando a planejar todas as ações, desde a comunicação aos empregados, ao mercado e aos clientes até a coordenação da logística da mudança. A equipe de saúde humana começou a atuar no novo escritório no dia 26 de janeiro e a de saúde animal mudou-se em 3 de março.

Após a mudança dos funcionários de saúde humana para o novo escritório, a equipe de Transações iniciou o processo de venda da antiga sede, localizada na Rua Alexandre Dumas.

Crédito: Rafael Rolim