Com a situação da economia mundial, as empresas tiveram que cortar gastos e buscar alternativas para continuar a crescer e a investir em sua atividade-fim. Algumas instituições definiram as operações de Sale&Leaseback (quando uma empresa é proprietária do imóvel que ocupa e o vende e se torna locatária deste mesmo imóvel) como melhor maneira para aumentar o capital de giro.

Valdenir Soares, diretor financeiro da Santana Textiles | Foto: Acervo Santana Textiles

De acordo com Alessandra Osiro, diretora de Vendas e investimentos da JLL, esta operação tem sido muito bem aceita no mercado para investidores que buscam investimentos de longo prazo, contratos de locação de 10 e 15 anos, enquanto a empresa que o vendeu se capitaliza e mantém a ocupação do mesmo espaço que já ocupava. É uma situação muito positiva para ambos os lados.

Aplicação de Sale&Leaseback

A Santana Textiles é uma das maiores redes da indústria têxtil na fabricação de jeans. Depois de ter sido impactada pela entrada excessiva de produtos importados no Brasil, crescimento das taxas de câmbio e de juros e elevação do preço do algodão, buscou alternativas para se capitalizar e optou pelo modelo Sale&Leaseback, com a venda e posterior aluguel da propriedade de Rondonópolis, no Mato Grosso.

Além de nos capitalizarmos, deixamos de ter gastos com contas que não estão relacionadas à nossa atividade-fim”, afirmou Valdenir Soares, diretor financeiro da Santana Textiles.

A JLL participa de transações imobiliárias como galpões, prédios comerciais, portfólios imobiliários, terrenos e shoppings. Dentre as principais atividades da empresa estão as operações de Sale&Leaseback.

A JLL teve uma importante participação no processo de transação: identificação das necessidades, pesquisa e localização do parceiro; além de trabalhar com isenção e comprometimento.

Nós precisávamos criar valor para o negócio e a equação para isso seria: reduzir o endividamento e garantir fontes de financiamento para expansão. Com a transação atingimos 100% desse objetivo”, acrescentou Soares.