Escritório da Deloitte | Foto: Fabiano Caza

Escritório da Deloitte | Foto: Fabiano Caza

Em 2011, a Deloitte completava 100 anos de presença no Brasil, comprovando não somente sua solidez no mercado, mas também sua capacidade de oferecer as soluções reconhecidas internacionalmente de forma customizada à realidade de negócios local.

Mesmo sendo parceiros sólidos em território americano – e em outras partes do mundo – a JLL não tinha, até então, auxiliado a Deloitte em nenhum de seus trâmites imobiliários no Brasil, já que todos eram resolvidos internamente. Isso até obter conhecimento de que a empresa tinha planos de alocar sua matriz em São Paulo para um espaço mais moderno e alinhado a sua imagem.

Charles Nunes, diretor da área de Gestão de Projetos e Desenvolvimento da JLL, conta que a informação obtida sobre os planos de mudança da Deloitte foi a etapa inicial do trabalho de prospecção. “Para conquistar o interesse e a confiança de um cliente em potencial, tivemos de conhecer seu histórico a fundo. Para isso, contamos com o apoio da JLL dos Estados Unidos, que há anos mantém uma parceria com a Deloitte local, contando inclusive com uma equipe interna da JLL”, explica.

Escritório da Deloitte | Foto: Fabiano Caza

Escritório da Deloitte | Foto: Fabiano Caza

O amplo conhecimento sobre as necessidades da empresa contribuiu para que a Deloitte no Brasil optasse por uma gestão de mudança em parceria.

                                                                    Mostramos a eles quais são as vantagens em se ter um parceiro de gestão. Temos expertise, sabemos como cuidar do interesse de nossos clientes e norteá-los sobre os prós e contras de cada decisão. Essa etapa de convencimento demonstra que o mercado brasileiro ainda está ganhando maturidade em relação à importância do trabalho de uma consultoria imobiliária”, acrescenta o executivo.

Alinhados os interesses, a etapa seguinte atendeu às expectativas do cliente, a partir de uma análise criteriosa de infraestrutura, localização e amenidades. “A Deloitte tinha como meta criar um novo ambiente de trabalho, seguindo os conceitos globais da Deloitte Workplace, nomeados internarmente como Next Generation Workplace (NGW) – mais conhecido no mercado como New Workplace ou Agile – fomentando a implantação de virtual work place/ home office”, resume Nunes, ao destacar que, devido a essa necessidade, a Deloitte optou pela contratação do Condomínio Morumbi Corporate (Edifício Golden Tower).

Escritório da Deloitte | Foto: Fabiano Caza

Escritório da Deloitte | Foto: Fabiano Caza

O projeto para acomodar cerca de duas mil pessoas, em uma área de quase 10 mil m² de escritório, corresponde a um ratio de ocupação de local físico fixo disponível por profissional, que, além de aproximá-los das recomendações internacionais, busca racionalizar a ocupação, assegurando uma transição cultural mais tranquila e servindo como reserva para a expansão de empresa no médio prazo. “Também desenvolvemos um projeto que atendesse os requerimentos globais e as especificidades locais, considerando a cultura de áreas de negócio com perfis multifuncionais, incluindo desde auditoria até consultoria, financeira  e tax”, justifica o executivo.

O prazo curto para execução do projeto não impediu que a JLL buscasse valorizar ao máximo a funcionalidades e o uso dos espaços disponíveis no local, implantando sistemas wireless em todas as áreas e de hotelling (otimização de espaços), para reserva de sala de reunião via web, além de criar espaços colaborativos, de ambientes para a execução de tarefas que exigem concentração (quiet space) e salas de vários tamanhos.

A proposta foi criar um ambiente de trabalho aberto, promovendo a maior colaboração entre as equipes, sem nos esquecermos das necessidades específicas, com a criação de espaços mais reservados”, ressalta Luciana Toller, da área de Gestão de Projetos e Desenvolvimento da JLL.

Escritório da Deloitte | Foto: Fabiano Caza

Escritório da Deloitte | Foto: Fabiano Caza

Devido ao cronograma curto para execução da obra – de dezembro de 2013 a março de 2014 –, Luciana explica que o mais indicado foi a implantação de um projeto de Design Build. “Também contamos com o apoio de uma equipe interna da Deloitte, para entender todas as necessidades de cada área da empresa, um comprometimento essencial para o sucesso de execução de cada etapa da obra”, completa.

Curiosamente, a evolução dessa parceria tem chamado a atenção no exterior. Além das reuniões com a equipe da Deloitte, quinzenalmente o time JLL que atende à empresa se reúne via conference call para informar sobre o andamento das ações à equipe Deloitte da JLL nos Estados Unidos. “Também encaminhamos mensalmente um relatório sobre o andamento do projeto à nossa matriz americana. Assim que o prazo estiver cumprido, seremos um case na execução de projetos Deloitte desenvolvidos pelas demais unidades JLL do mundo”, finaliza Luciana.