Dois meses após a obtenção do Habite-se, o Edifício JK 180, localizado na Avenida Juscelino Kubitschek, em São Paulo, já foi praticamente inteiro locado. O documento saiu em setembro e, em novembro, os proprietários já tinham assinado contratos de locação para mais de 80% da área locável.

O empreendimento é excelente, conta com avançada tecnologia e automação, tem certificação LEED, ótima localização e uma vista maravilhosa do Parque do Ibirapuera, além de poucos concorrentes no entorno. Acreditamos que nosso diferencial foi o correto posicionamento do produto”, afirma Fabio Magina, coordenador de Agency Leasing de Office de Transações na JLL

Segundo Magina, quando foi contratada pelo pool de proprietários do empreendimento, no final de 2015, a área comercial da JLL analisou o perfil do produto, região e mercado, e em conjunto com a área de inteligência de mercado, traçou uma estratégia comercial voltada para resultados rápidos. A JLL está fazendo a representação do empreendimento com exclusividade, em parceria com a consultoria Newmark Grubb.

“Por causa da grande oferta, o mercado não está trabalhando com pré-locações. Recomendamos aos proprietários serem agressivos nas negociações de preço, e buscamos a diferenciação nos excelentes atributos do prédio. Outro fator importante foi a união e o alinhamento dos proprietários. Quando cada um adota um posicionamento, gera uma competição desfavorável e pode prejudicar a imagem do imóvel no mercado”, diz Magina.

Tecnologia avançada para impressionar na visita

O marketing center instalado no edifício – um conjunto de totens, placas, fotos e adesivos, todos seguindo a identidade visual do empreendimento – trouxe informações sobre as suas características e seus diferenciais possibilitando uma visita customizada ao empreendimento.

Inclui recursos de tecnologia virtual: por meio de códigos QR e uso de óculos Google Cardboard, os visitantes enxergam a maquete do andar em 3D como se o escritório estivesse pronto.

O marketing center foi muito importante para o sucesso comercial do edifício e ainda teve ajuda do mock-up, preparado pela Tétris, onde decoramos parte do andar para que o potencial ocupante tivesse uma melhor perspectiva de como ficaria o andar mobiliado”, diz Luisa Saiani, Analista de Negócios de Agency Leasing de Office de Transações na JLL.

Gerenciamento do projeto de instalação

Um dos futuros ocupantes do JK 180 é uma importante empresa do setor de alimentos e bebidas, que locou grande parte dos andares com o objetivo de consolidar suas equipes, que estavam distribuídas em três prédios. A área de Projetos e Obras (PDS) da JLL está gerenciando o projeto de instalação.

 

Saiba mais em:

Ed. JK 180

JLL aposta em inovação e cria Marketing Centers em edifícios comerciais para atrair mais locatários