JLL no maior evento esportivo do mundo

Leitura de 6min

JLL, administradora do Goodman Caxias, foca sua atenção nos bastidores que envolvem as equipes de operação, manutenção e conservação do empreendimento durante olimpíadas e paralimpíadas.

Desde sua inauguração, o Goodman Caxias – localizado na Rodovia Washington Luís, em Duque de Caxias (RJ) -, que está sob gestão da JLL, é ocupado pelos Correios, o operador logístico oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro.

Nos dois galpões do empreendimento ficam armazenados todos os materiais usados nas atividades esportivas, de bolas de handebol a obstáculos de hipismo, de móveis para a Vila dos Atletas e instalações de competição, aos pódios disputados por cerca de 15 mil atletas em 47 diferentes modalidades esportivas.

“Para a operação do maior evento esportivo do mundo é necessária uma logística complexa. Movimentamos 30 milhões de itens para preparar e montar os palcos para atletas de 206 países, em quatro regiões do Rio de Janeiro, além das cinco cidades-sede do futebol – Manaus, Brasília, São Paulo, Salvador e Belo Horizonte”, explicou Carlos Henrique de Luca Ribeiro, coordenador geral da Força Tarefa dos Correios nos eventos esportivos no Rio. “É um desafio imenso, mas está no nosso DNA armazenar, transportar e entregar com eficiência e qualidade”, disse o coordenador.

Além dos cerca de 980 mil equipamentos esportivos, o empreendimento Goodman Caxias foi utilizado também para guardar boa parte das 5 milhões de peças de mobiliário, como cadeiras, mesas, camas, colchões, sofás e televisores, que já seguiram para a Vila dos Atletas e venues (instalações) de competição e não-competição. Toda a operação dos Correios envolve cerca de 170 caminhões e 2 mil equipamentos de movimentação, como paleteiras, empilhadeiras, tratores e guindastes.

O condomínio dispõe de segurança privada e monitoramento, mas a gestão da segurança no período em que esteve a serviço dos Jogos Olímpicos ficou a cargo do Comitê Rio 2016.

“A JLL, como gerenciadora profissional, foca sua atenção nos bastidores que envolvem as equipes de operação, conservação e manutenção das instalações do parque logístico”, explicou Jorge Azevedo, Gerente Regional de Gerenciamento de Propriedades da JLL no RJ. “Atuamos com uma equipe local, com suporte de um backoffice qualificado, como facilitadores para que toda esta movimentação de cargas e pessoas tenha suporte adequado, mitigando riscos e otimizando processos”.