Luiz Fernando de Oliveira - Gerente de Workplace Solutions da Accenture | Foto: Marco Antonio Sá

Luiz Fernando de Oliveira – Gerente de Workplace Solutions da Accenture | Foto: Marco Antonio Sá

Especializada em consultoria de gestão, serviços de tecnologia e outsourcing, a Accenture é uma empresa global presente em mais de 120 países. Para se ter uma ideia de sua dimensão, a companhia registrou em seu mais recente ano fiscal, encerrado em agosto, uma receita líquida de US$ 28,6 bilhões. No Brasil, conta com sete escritórios – localizados nas principais capitais do país –, sendo o Rio de Janeiro a cidade eleita para abrigar seu mais novo Centro de Inovação.

Recebemos o desafio de montar um Centro de Inovação Tecnológica com aspectos importantes quanto à flexibilidade da solução e o tempo de implementação. Adicionalmente, tínhamos que executar as atividades dentro de um escritório em plena operação. Para isso, contamos com o suporte e parceria da JLL no planejamento, trabalho com os demais fornecedores, e no desenvolvimento de alternativas para os problemas que surgiram no decorrer do projeto”, afirma Luiz Fernando de Oliveira, gerente de Workplace Solutions da Accenture.

Desenvolvido por uma renomada equipe de arquitetos, o espaço foi criado para promover e compartilhar as melhores práticas, experiências e inovações da Accenture voltadas para as indústrias de telecomunicações, mídia e tecnologia. A  JLL foi a responsável pelo gerenciamento do projeto e das obras. Fabricio Pollilo, que esteve à frente dessa operação, revela que o processo de concepção e estruturação do projeto durou aproximadamente um ano. “Realizamos toda a gestão do projeto de implementação de equipamentos de alta tecnologia capazes de apresentar a evolução da Accenture a seus clientes”, conta ele.

A reforma foi realizada com o escritório em operação, o que exigiu um planejamento minucioso para não impactar diretamente na rotina dos profissionais. Mesmo assim, conseguimos atingir a meta e evitar atrasos no cronograma”, revela Pollilo que a implementação teve grandes desafios.

Outro obstáculo foi a execução na antiga estrutura do Edifício Metropolitan, que solicitou adaptações na instalação de alguns equipamentos e no mobiliário, devido ao acesso ao prédio no horário comercial pelos funcionários e por estar localizado em rua de circulação controlada de carros. “Essas restrições muitas vezes exigiram a suspenção do trabalho durante o dia e a retomada durante a madrugada”, afirma o executivo.

Após meses de trabalho, o Innovation Center da Accenture está em pleno funcionamento e cumprindo o seu objetivo de criar maior proximidade entre a empresa e seus clientes. O espaço também tem a função de utilizar o expertise da companhia para o desenvolvimento de novas soluções para a área de Energia, estimular o debate e a colaboração entre clientes e parceiros, com o intuito de atender ainda mais e melhor.