Com mais de 3.800 unidades e 19 marcas mundiais, o Grupo Marriott – fundado há mais de 80 anos – sempre foi sinônimo de modernidade em hotelaria. Com a meta de renovar sua unidade em Copacabana, no Rio de Janeiro, a rede hoteleira contou recentemente com a expertise da JLL para a realização de um projeto dividido em três etapas, relacionadas à reforma dos apartamentos, da recepção, implantação de bar no lobby, e reestruturação da cozinha e do restaurante do hotel.

Segundo Alessandra Arnone, gerente da área de Gestão e Desenvolvimento de Projetos da JLL, a experiência do time de PDS em casos similares garantiu o correto planejamento de todas as fases, bem como a atuação assertiva dos profissionais envolvidos, para a conclusão de cada etapa do projeto. “Esse é o valor real da JLL percebido pelo cliente que utiliza nossos serviços de gerenciamento de projetos”, afirma Arnone.

Realizada em quatro meses, a obra das áreas públicas contou com a mudança de layout na recepção e no lobby do hotel, alinhada ao conceito de great room adotado globalmente pela rede Marriott. “Tendência mundial, os lobbys atualmente são considerados verdadeiros cartões-postais dos hotéis, motivando o hóspede a permanecer mais tempo no local”, explica Thiago Duarte, da área de Gestão e Desenvolvimento de Projetos da JLL.

Duarte diz que, a partir desse conceito, o que antes era um espaço de check in e check out foi transformado em local de estar, ideal tanto para promover atividades sociais quanto comerciais.

O ambiente ficou mais funcional e prazeroso, permitindo que o hóspede realize pequenas reuniões, tome um drink, acesse a internet ou, simplesmente, faça uma pausa para o descanso. No caso do The Carioca bar, o local ganhou um dos ícones da rede Marriott, o Chandelier, lustre todo feito em madrepérola – uma verdadeira obra prima”, conta, ao destacar que, para isso, a recepção anterior foi unida ao business center, bar e restaurante.

As mudanças na recepção também seguiram o mesmo conceito, com a presença de uma parede em madrepérola ao fundo. Para facilitar o contato entre hóspedes e funcionários, o espaço foi estrategicamente alterado. Além da instalação de balcões, o ambiente recebeu nova iluminação e acabamento produzido com materiais nobres.

Para ampliar o atendimento do café da manhã e atender ao The Carioca – que passou a funcionar ao estilo night and day – o restaurante também passou por um processo de reforma, integrando a figura do chef à cozinha e ao bar. Para a renovação dos quartos e locais de reuniões, a opção foi selecionar e substituir itens mobiliários e decorativos.

Certamente, o maior desafio desse projeto foi o de possibilitar o pleno funcionamento do hotel, que se manteve com alto índice de ocupação durante todo o período de obra”, diz Duarte.

Com a expertise da JLL, foi possível manter o alto padrão de qualidade do Marriott, pois tivemos o cuidado de criar uma comunicação visual integrada ao ambiente, além de atender às expectativas dos hóspedes com relação ao som, limpeza, atendimento, entre outros serviços, explica ele, ao mencionar a restrição de horários para o uso da rede elétrica, hidráulica e de limpeza, por exemplo. Todas essas etapas foram calculadas, em estudos anteriores de viabilidade, o que levou ao bem-sucedido resultado”, finaliza Thiago.