Mercado brasileiro deu salto em edificações sustentáveis

Leitura de 5min

Hoje, Brasil está entre os que mais demandam a certificação LEED

Hoje, país está entre os que mais demandam a certificação LEED

Quando observado numa perspectiva histórica recente, que considere sua trajetória ao longo dos últimos vinte anos, o mercado imobiliário comercial brasileiro de alto padrão registra grande evolução no quesito edificações sustentáveis.

No período – que marca também o início das operações da JLL no Brasil -, investir em prédios que incorporam, entre outros, os conceitos de economia de energia elétrica, água e o tratamento adequado de resíduos, deixou de ser algo pontual para tornar-se parte da política de aplicação de recursos de fundos e investidores institucionais no setor.

É um movimento de mercado e está sendo impulsionado por grandes fundos globais e gestores de carteiras imobiliárias que buscam ampliar a eficiência de seus investimentos reduzindo os riscos”, observa Felipe Faria, Diretor do Green Building Council Brasil.

Reduzir esses riscos é possível na medida em que as vantagens oferecidas aos ocupantes pelos “edifícios verdes” conseguem reter mais inquilinos e reduzir os níveis de inadimplência, explica o executivo.

Faria ressalta, ainda, que, mesmo num momento em que o mercado imobiliário está bastante desaquecido, como reflexo da crise econômica, há novos projetos sustentáveis sendo levados à frente.

Eles são, em sua maioria, de segmentos da indústria, mas também do varejo, de data center e centros de logística”, exemplifica.

Certificação.

A Leadership in Energy and Environmental Design (LEED) é um sistema internacional de certificação e orientação ambiental para edificações. É o principal “selo” de sustentabilidade concedido ao segmento imobiliário. Utilizado em 143 países, tem como objetivo incentivar a transformação dos projetos, obras e a operação das edificações, com foco em diretrizes sustentáveis.

Atualmente, o país integra a lista daqueles com mais projetos registrados e certificados nos moldes LEED. Em números de dezembro de 2015, somam  1.052 registrados e 313 certificados.

 

Foto: Shutterstock/ Andrew Lan