Leitura de 5min

A área de SCMP (Supply Chain e Procurement) da JLL tem desenvolvido uma plataforma global de gestão de risco e fornecedores orientada a reduzir todos os problemas inerentes ao processo de subcontratação de fornecedores.

Processos de controle de terceiros são fundamentais para garantir a continuidade do negócio

Não existem dúvidas sobre os benefícios da terceirização (outsourcing) na economia global e, particularmente, na indústria de facilities management. Após mais de 10 anos do surgimento dos contratos de gestão de facilities de primeira geração, os benefícios têm sido amplamente documentados, tais como foco no core business da empresa, estandardização dos níveis de serviço, transferência do risco operacional, redução e reestruturação de custos, especialização, tecnologia, entre outros.

Contudo, se não existir uma plataforma ou processos de controle de terceiros/fornecedores, as empresas ficam expostas a riscos fiscais, trabalhistas, operacionais, regulatórios e até de reputação, situações que podem impactar severamente a imagem das instituições, algumas vezes de forma irreparável.

No dia a dia, prestadores de serviços, fornecedores e contratados formam parte do ecossistema corporativo, ambiente no qual a linha entre o que é interno e externo das organizações torna-se praticamente invisível.

Por este motivo e conforme as empresas continuam evoluindo e desenvolvendo parcerias estratégicas, é essencial a criação de mecanismos de controle que ajudem a entender a forma em que nossos fornecedores contribuem para os resultados dos clientes mediante a entrega dos níveis de serviço contratado e, paralelamente, protegendo a continuidade do negócio.

A área de SCMP (Supply Chain e Procurement) da JLL tem desenvolvido uma plataforma global de gestão de risco e fornecedores orientada a reduzir todos os problemas inerentes ao processo de subcontratação de fornecedores. Esta plataforma pode variar dependendo da realidade particular de cada país. Porém, em linhas gerais, está constituída de quatro elementos fundamentais: a) prospecção e pré-qualificação, b) qualificação e seleção, c) contratação, e d) monitoramento e gestão.

Cada processo contempla uma ampla série de procedimentos específicos e de documentação necessária que permitem de forma estratégica manter controle e governança sobre nossa base de fornecedores, ao mesmo tempo em que asseguramos os resultados financeiros e operacionais que nossos clientes esperam.

Foto: Shutterstock/ Rawpixel.com

Luis Baldioceda é gerente de Sourcing da JLL.