Atualmente, mais de 4,5 bilhões de pessoas no mundo utilizam algum produto das marcas que compõem o portfólio da Procter&Gamble (P&G). Representada no mercado brasileiro por grandes nomes – como Pampers®, Ariel®, Always®, Pantene®, Mach3®, Downy®, Iams®, Oral-B®, Duracell®, Olay®, Head & Shoulders®, Wella®, Gillette®,  Fusion®, Ace®, Febreze®, e Vicks® –, a empresa, presente em aproximadamente 75 países, recentemente anunciou mais uma ação referente ao seu plano de expansão no Brasil.

Com o objetivo de acompanhar tendências, modernizando sua estrutura, e de criar ainda mais proximidade com parceiros e clientes, a P&G decidiu mudar de endereço. Dados divulgados pela empresa revelam que, em 2014, cerca de 800 funcionários e colaboradores responsáveis pelos negócios das áreas de Marketing, Finanças, Vendas, Logística, Comunicação, Sistemas, Jurídico, entre outras, irão atuar no edifício Torre Z, localizado na Avenida Chucri Zaidan, próximo às avenidas Morumbi e Nações Unidas, no bairro do Brooklin, em São Paulo.

A iniciativa é resultado da parceria existente há mais de cinco anos com a JLL, responsável pela operação de pesquisa e locação do empreendimento.

A intenção de mudar o local da sede sempre existiu. Porém, a P&G encontrava-se em um período de aquisições no país, o que a fez adiar esse plano. Em 2013, a empresa decidiu colocá-lo em prática, elegendo um empreendimento que corresponde exatamente a sua atual imagem corporativa: moderna e arrojada”, conta Monica Lee, diretora da área de Transações da JLL.

Pedro Candreva, diretor da área comercial da JLL complementa: “A Torre Z tem um esmerado projeto arquitetônico, com uma construtora de renome e um endereço único. Agora, com a instalação da sede da P&G no Brasil, o resultado é o sucesso”, comemora.

Para atender a todos os requisitos solicitados, a JLL – já ciente das expectativas do cliente – apresentou opções assertivas de imóveis.

Tínhamos uma descrição bem detalhada do empreendimento desejado: um edifício de alto padrão, com tecnologia de ponta, com menos andares e mais horizontal, e, especialmente, com um excelente entorno para funcionários e visitantes”, explica Rafael Calvo, consultor sênior de Transações da JLL, mencionando que, por atender a todos esses requisitos, a escolha pelo edifício Torre Z foi rápida.

Localizado em um dos principais pontos empresariais de São Paulo, o prédio hoje se encontra em fase de finalização. Mas, ao passar pelo local, é fácil entender quais razões motivaram a P&G a elegê-lo. A fachada moderna é o que melhor representa seus demais diferenciais. “Com lajes de 1.928 m², o prédio verde de alto padrão contará com certificação LEED® Gold, além de priorizar a mobilidade, a conectividade e a produtividade”, completa Calvo.

Segundo Renato Srur, presidente da Triax, incorporadora do Grupo São Joaquim com mais de 40 anos de atuação e responsável pelo empreendimento, o complexo, que futuramente contará com mais uma torre, tem 20 andares – sendo cinco locados para a P&G –, equipados com os mais modernos recursos existentes no mercado. “Tivemos a preocupação de proporcionar aos clientes conforto e qualidade. Para isso, investimos em tecnologia de ponta no sistema de elevadores e cabeamento óptico, além de seguir os padrões mais atuais de sustentabilidade e acessibilidade. O empreendimento, que será entregue ainda esse ano, oferece amplo espaço para estacionamento e moderno controle de segurança, além de uma vista privilegiada da região”, informa o executivo, que acrescenta que restaurantes e cafés também irão compor o local.

Outro atributo mencionado por Monica Lee é o entorno. “A P&G tem uma forte preocupação com o conforto de seus profissionais. Por isso, tivemos o cuidado de encontrar um local com fácil acesso aos transportes – próximo à linha de trem e com futuras instalações de metrô – e restaurantes, concentrados, principalmente, nos shoppings Morumbi e Market Place”, diz. Para chegar a essa conclusão, Rafael Calvo explica que a JLL foi além das informações convencionais do mercado. Um mapeamento sobre a realidade dos 800 funcionários da empresa – desenvolvido pela consultoria – foi fundamental para comprovar o potencial da Avenida Chucri Zaidan.  “Apoiados nessas informações, conseguimos identificar o local em que esses profissionais moram, quais são os seus meios de acesso ao trabalho, entre outros. Conseguimos, com sucesso, concluir que de fato esse era o endereço mais adequado”, adianta.

A relação de confiança e parceria estabelecida entre a P&G e a JLL – que assessorou a empresa na expansão de suas operações industriais no país ao longo desses anos – pode ser de fato considerada a principal responsável por mais essa transação bem-sucedida.

O conhecimento adquirido e o alinhamento às necessidades da P&G, frutos desse sólido relacionamento, permitiram à JLL realizar análises detalhadas e auxiliar a empresa na tomada de decisão sobre sua nova sede. Em breve, teremos mais informações sobre o novo escritório”, afirma Monica Lee. Concluída essa etapa, a P&G dará início à fase de implantação do novo escritório, contando para isso com a área de Gestão de Projetos e Desenvolvimento da JLL.