Presente no Brasil desde 2008, por meio de uma parceria com a Cyrela Commercial Properties (CCP), a Prologis é a maior empresa do mundo em desenvolvimento e administração de condomínios logísticos.

Não havia um portfólio de galpões de qualidade no Brasil, do nível que os clientes esperam da Prologis CCP. Focamos no eixo Rio-São Paulo e fizemos nossos investimentos na compra de terrenos e construção de galpões”, disse Hardy Milsch, presidente da Prologis CCP, durante o encontro anual da JLL com clientes, promovido pela JLL.

O primeiro deles foi entregue em 2011. Hoje, o portfólio da empresa soma quase 600 mil m² construídos em cinco parques, e estão em andamento projetos que vão aumentar esse estoque em 50%. “Além disso, temos terrenos que nos permitem construir mais, aproximadamente, 1,5 milhão de m² nos próximos quatro a cinco anos, e vamos continuar buscando terrenos bem localizados, próximos às rodovias”, revelou.

Hardy reconhece que a crise atual brasileira é desafiadora, mas está otimista.

Os fundamentos que fazem do Brasil um mercado atrativo não mudaram. Existem 200 milhões de pessoas que têm a confiança machucada no momento, mas vão precisar continuar consumindo. E isso demanda galpões logísticos.”

Segundo ele, o crescimento da Prologis CCP no Brasil vem acontecendo numa velocidade bastante superior à evolução da Prologis no México. “Levamos 15 anos para chegar a 3 milhões de m² no México”, disse. Hoje, cerca de 60% dos clientes da Prologis CCP são globais e 40%, empresas nacionais, que estão aprendendo a valorizar a qualidade dos galpões e reconhecer seu impacto na eficiência logística.

O crescimento do e-commerce é outro fator favorável ao mercado de galpões logísticos. Segundo Hardy, para vender US$ 1 bilhão no varejo tradicional são necessários 100 mil m² de espaço. Já no e-commerce o espaço necessário é três vezes maior em centros de distribuição regionais e nacionais.

JLL: expertise no segmento de galpões

Com equipes distintas e focadas em cada etapa do processo, a JLL tem grande experiência nesse segmento. Pode assessorar os developers na escolha da localização e na busca do terreno. Na outra ponta, pode assessorar as empresas na busca de opções de galpões que atendam às necessidades de cada negócio.

Foto: Rogério Gomes – Estúdio Caza.

Leia também a matéria – “Galpões mais modernos aumentam a eficiência logística”