Edifício WTC Tower é autossuficiente em água

Leitura de 5min

Além de poço artesiano que garante o abastecimento de água potável, empreendimento tem sistema de tratamento para reúso da água. WTC Tower é autossuficiente em água.

Com 20 anos de mercado, o WTC Tower, localizado na região da Luís Carlos Berrini, sempre se destacou por manter uma elevada taxa média de ocupação, em torno de 95%. A torre, com 25 andares, faz parte de um complexo que compreende ainda o Sheraton São Paulo WTC Hotel, o WTC Events Center, o WTC Business Club e o D&D Shopping.

Todo esse complexo é 100% servido por água de três poços artesianos e há três anos conta com um sistema de tratamento de esgoto para água de reúso. Em tempos de crise hídrica, esses atributos o tornam ainda mais atrativo. Na região, alguns edifícios similares contam com poço artesiano, outros com sistema de tratamento de esgoto, mas nenhum empreendimento tem os dois.

Como responsável pela administração de contratos de locação e comercialização das áreas vagas da torre de escritórios desde 2000, a área de Transações da JLL tem divulgado essas informações para tranquilizar os atuais ocupantes. A autossuficiência de água potável e o sistema de tratamento de esgoto para reúso são diferenciais que pesam muito na prospecção de locatários, em negociações e na renovação de contratos.”

No caso da torre, que tem uma população média de 4 mil pessoas, os poços artesianos suprem a necessidade de água potável para copas, bebedouros e pias dos banheiros. Após o uso, essa água e o esgoto das descargas dos vasos sanitários de todo o complexo passam por um tratamento microbiológico numa usina própria e ficam prontas para serem reutilizadas nas bacias e mictórios e ainda para resfriamento da água do sistema de ar-condicionado. É um circuito fechado, não há desperdício.

Leia também a matéria “WTC é referência em empreendedorismo e fidelização de locatários há 19 anos”.

 

Foto: Pedro Abude